Agrupamento de Escolas de Soure recebe visita de delegação internacional de mediadores escolares

3 comentários
O Instituto de Mediação da Universidade Lusófona do Porto organizou uma Semana de Intercâmbio de Mediadores de Conflitos em Contexto Escolar entre os dias 3 e 6 de Maio.
Desse programa destacaram-se a recepção e acolhimento de uma Equipa de Mediadores Escolares da Fondation d’Auteuil (França) e a visita às escolas com quem o IMULP colabora, na zona Norte e Centro do país, para partilha de boas práticas de mediação.
No âmbito deste programa de actividades, o nosso Agrupamento, uma das escolas parceiras do IMULP, recebeu com enorme satisfação um grupo de mediadores escolares na tarde da passada 4ª feira, 04 de Maio, apresentando-lhes o seu programa de mediação de conflitos em contexto escolar — o Projecto Com...Tacto.


No seguimento da formação, no início deste ano lectivo, de um grupo de docentes mediadores, o Agrupamento de Escolas de Soure iniciou, nesse mesmo dia, a formação de um primeiro grupo de alunos mediadores e inaugurou oficialmente o espaço do Gabinete de Mediação de Conflitos do Agrupamento, na sala C.2.17.


O encontro foi muito participado tendo todos os envolvidos demonstrado o seu empenho no sucesso desta iniciativa.

Formar para Mediar - parte II

0 comentários
Olá a todos,

dando cumprimento ao objectivo traçado pelo Projecto Com...Tacto no início deste ano lectivo, vamos dar início, no próximo dia 4 de Maio, 4ª feira, à formação de alunos mediadores no Agrupamento de Escolas de Soure.

Foram realizadas sessões de sensibilização para a resolução pacífica de conflitos em todas as turmas do 3º ciclo e secundário, pelas professoras Luísa Pereirinha, Margarida Carrington e Natália Santos e elaborada uma lista prévia de candidatos.

Definiu-se o calendário da formação e foi, então, seleccionado um grupo final de cerca de 45 alunos, desde o 7º ao 11º anos. As sessões decorrerão em horário não lectivo, às quartas-feiras à tarde. A formação que agora se inicia terá o seu terminus apenas no início do próximo ano lectivo.

Bom trabalho aos futuros mediadores!

O Agrupamento conta convosco!


Intercâmbio de Mediadores em Contexto Escolar

0 comentários

Conforme informação já divulgada junto dos docentes mediadores, o Instituto de Mediação da Universidade Lusófona do Porto está a organizar uma Semana de Intercâmbio de Mediadores de Conflitos em Contexto Escolar, a decorrer entre os dias 3 e 6 de Maio.

Desse programa destacam-se a recepção e acolhimento de uma Equipa de Mediadores de Conflitos Escolares estrangeiros e o intercâmbio entre escolas com quem o IMULP colabora, na zona Norte e Centro do país.




Esta última actividade contará com a participação dessa delegação estrangeira e de alguns professores mediadores ou técnicos mediadores das referidas escolas e será uma oportunidade para se partilharem boas práticas de mediação.
 
Será, por isso, no âmbito deste programa de actividades que o nosso Agrupamento, uma das escolas parceiras do IMULP, receberá a visita de alguns desses mediadores na próxima 4ª feira, a partir das 15 horas.

Sejam benvindos!

Às vezes esquecemo-nos de viver, para apenas existirmos...

0 comentários
Por "detrás" de cada criança/jovem, existe sempre um adulto...
Estaremos a fazer a nossa função?!

Apenas um convite à reflexão...

1 comentários
As crianças vêem; as crianças fazem!



Sejamos influências positivas para os nossos jovens!

... é "a gente" que faz!

Rápidas melhoras ao Uriel!

Violência escolar é crime

0 comentários
A partir do passado dia 28 de Outubro, os fenómenos de violência escolar, entre os quais o bullying, passam a ser considerados crime e, como tal, sujeitos a sanções que vão desde medidas tutelares educativas a prisão, nos casos mais graves. Confira aqui e  aqui esta e outras notícias da secção de Educação do Jornal "Público".

21 de Outubro - Dia Mundial da Resolução de Conflitos

0 comentários
Convido-vos aqui a consultar o site da MEDIARCOM (Associação Europeia de Mediação), em especial, o programa da 6ª Conferência Anual de Comemoração do Dia Mundial da Resolução de Conflitos, data a assinalar na próxima 5ª feira, dia 21 de Outubro.

Nesse mesmo dia será lançada a obra "MEDIAÇÃO E CRIAÇÃO DE CONSENSUS: OS NOVOS INSTRUMENTOS DE EMPODERAMENTO DO CIDADÃO NA UNIÃO EUROPEIA" que reúne artigos de diversos autores e investigadores, entre os quais destacamos a Dra. Elisabete Pinto da Costa, Directora do IMULP e que, actualmente, se encontra a formar mediadores de conflitos em contexto escolar no nosso Agrupamento.

Aliás, este título, que pode ser adquirido aqui a preço de pré-lançamento (inferior ao preço de capa), integra já a nova secção "Leituras" (na coluna esquerda deste nosso blogue). Neste espaço ficaremos, também, a aguardar as vossas sugestões de outros títulos que considerem importantes para partilha e divulgação de obras ligadas a todo o tipo de esforços no sentido de pacificarmos um pouco mais as nossas relações interpessoais.

Jornal Público - Professores vão aprender a gerir conflitos

0 comentários
Siga o link seguinte e saiba como a mediação está a ser encarada, cada vez mais, como um meio de resolução pacífica dos conflitos em contexto escolar. Não esqueça de deixar a sua opinião e comentários.

Reflectir também é Mediar...

1 comentários
Caros amigos,

convido-vos a reflectir um pouco a partir desta entrevista ao Frei Fernando Ventura.

Deixem os vossos comentários!


Honestidad Campaña de Valores Cívicos

0 comentários
Para reflectirmos todos um pouco...


Formar para Mediar

3 comentários
Olá amigos!

O "Com... Tacto" está de volta e, antes de mais, deseja a todos um ano lectivo em que o respeito, a tolerância perante a divergência e o estreitamento das relações interpessoais possam conduzir-nos a todos ao desenvolvimento de uma cultura de escola pautada pela promoção de formas de convivência mais ricas e enriquecedoras para todos os que intervêm no processo educativo.

Aliás, sendo a Escola um espaço relacional por excelência e uma organização onde se entrecruzam histórias e vivências pessoais, familiares e institucionais, a promoção da convivência é um exigente e quotidiano desafio. A promoção de uma convivência pacífica não significa que não existam ou se eliminem os conflitos mas apenas que a sua abordagem terá que ser diferente: através do diálogo, enfrentando-os de forma inteligente, positiva e criativa e através de uma actualização de valores.

O conflito é natural e inerente a todo o tipo de relações humanas, pode ter resultados positivos e ser uma oportunidade de crescimento. O problema não reside no conflito propriamente dito mas antes na sua má gestão.

Assim, e uma vez que um dos pilares fundamentais da Educação do século XXI, segundo a UNESCO, é o de que a convivência deve ser apre(e)ndida, importa preparar os vários actores da Escola para enfrentar positivamente os conflitos interpessoais quotidianos dado que o ambiente relacional que se vive em contexto escolar é condicionante para o papel que todos os intervenientes devem aí desempenhar e, nessa medida, a escola surge como um espaço privilegiado para se aprender e praticar a mediação, dadas as oportunidades pedagógicas que oferece.

O nosso grande desafio este ano lectivo será o de, com tacto, lançar sementes, construir pontes e criar pontos de contacto, tentando implementar no nosso Agrupamento um Programa de Mediação Escolar que passará, a médio e longo prazo, pela formação de todos os actores que se cruzam na Escola e pela criação de um Gabinete de Mediação de Conflitos.

Tendo presente que o objectivo último da Escola é o crescimento de sujeitos responsáveis e comprometidos, não sendo apenas um lugar onde se ensina e aprende, mas um lugar onde se (con)vive, esta formação visa transformar os visados em agentes activos de uma dinâmica positiva das relações interpessoais no seio da comunidade educativa e, em especial, capacitá-los ao nível da aquisição de conceitos, comportamentos e técnicas passíveis de ensino-aprendizagem enquadráveis nos princípios teóricos da pedagogia pacífica e dos métodos de resolução alternativa de conflitos.


Consciente de que a qualidade do ambiente relacional determina a qualidade e o sucesso das aprendizagens, consciente ainda de que a via da sanção disciplinar tradicional por si só não tem sido capaz de conter o aumento do número de procedimentos disciplinares nos vários estabelecimentos de ensino do Agrupamento, a Direcção do Agrupamento de Escolas de Soure aceitou o desafio lançado pelo Projecto Com...Tacto relativamente à criação de um Gabinete de Mediação de Conflitos em Contexto Escolar no Agrupamento, como uma forma complementar e alternativa na resolução, e particularmente, na prevenção dos conflitos, da indisciplina e da agressividade em geral.

Assim, e porque a formação dos docentes é indispensável para poder organizar a implementação desse Gabinete, o Órgão de Gestão seleccionou um primeiro grupo de docentes que, directa ou indirectamente, lidam com questões disciplinares e, em colaboração com o Centro de Formação Nova Ágora e com o Instituto de Mediação da Universidade Lusófona do Porto, deu início a uma Oficina de Formação ― A Mediação Escolar: compreender para prevenir e resolver conflitos ― cuja formação está já a decorrer nas instalações da Escola Sec/3 Martinho Árias, aos sábados. Esta Oficina conta, ainda, com a presença de um elemento da Associação de Pais e Encarregados de Educação que, desta forma se associa e se envolve, igualmente, nesta iniciativa.

Este é um programa ambicioso que envolve a formação de professores-mediadores, numa primeira fase, e gradualmente, a aquisição por parte de outros agentes e actores presentes na Escola (nomeadamente, alunos, pais e técnicos operacionais) de técnicas de mediação de conflitos.

Este é um programa de formação e criação de um clima de escola saudável, que tem as suas etapas e necessita do apoio e envolvimento de todos os agentes educativos.

Não fique de fora! Informe-se e participe!
Veja em seguida, algumas imagens relativas à abertura dos trabalhos no passado dia 4 de Setembro.

Dra. Elisabete Pinto da Costa
(Directora do IMULP e formadora desta Oficina)
Dr. João Paulo Janicas
(Director CFAE Nova Ágora)

Alguns elementos da turma

Alguns elementos da turma

As sessões de formação terminarão no final do mês de Outubro pelo que, no final da formação, aqui daremos conta dos resultados alcançados.

Até breve

Encerramento do Congresso Internacional Violência Entre Pares

0 comentários
Interessante esta notícia! Clique no link abaixo e comente o evento no nosso blog!